ACESSE A REDE XAMÂNICA ANCESTRAL:
Portal Xamanismo Ancestral | Xamanismo Quântico | Xamanismo Holográfico | Aldeia de Shiva | Ordem de Shiva | Aldeia de Shiva - Net | R'XA | Akaiê Sramana

Português English Español 
  Home
  Xamanismo Ancestral
  Fundador:
          Akaiê Sramana
  Aldeia de Shiva
  Ordem de Shiva
  Aldeia de Shiva - Net
  Agenda
  Artigos
  Cursos e Workshops
  Acampamentos Xamânicos
  Peregrinações Xamânicas
  Semanas Xamânicas
  Rituais Xamânicos
  Orações Xamânicas
  Depoimentos
  Livros recomendados
  TV Xamanismo Ancestral
  Videoteca
  Links
  Contato


  Estatuto Xamânico Ancestral:
  Leia o Estatuto e os Princípios da Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral. saiba mais...


  Calendário Sagrado do Xamanismo:
  Os xamãs ancestrais dividiam o ano em basicamente quatro partes, equivalentes aos Solstícios e Equinócios, adicionando festivais, festas religiosas e consagrações aos Deuses, em datas definidas astrologicamente, segundo condições lunares e solares. saiba mais...


Filtro de Sonhos (Objeto de Poder)
  Xamanismo Ancestral

CURSO DE RESGATE DE ALMA - 2 e 3 DE SETEMBRO DE 2017

Símbolo do Xamanismo Ancestral

“Oh! Não deixeis apagar a chama!
Mantida de século em século
nesta escura caverna, neste templo sagrado!
Sustentada por puros ministros do amor!
Não deixeis apagar esta divina chama!”

[O Caibalion]

A Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral é uma Organização Xamânica Científica Espiritual, monoteísta, apolítica, sem fins comerciais, isenta de preconceitos, independente e sem ligações diretas com nenhuma religião ou entidade religiosa. O objetivo e compromisso fundamental da Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral é a preservação e o desenvolvimento pleno e absoluto do Ser.

A Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral compreende toda a estrutura de uma Egrégora Espiritual e Energética, Mentores, Guias Espirituais, Amparadores e Mestres Xamãs Ancestrais encarnados e desencarnados que tem como missão e objetivo, propagar o auto-conhecimento, cura e amor universal.

Muitos dos ensinamentos são transmitidos de regiões dimensionais superiores, que estão além da compreensão mental humana e envolve sessões espirituais em estado alterado de consciência. Muitas informações e sabedorias são passadas através de rituais xamânicos realizados com o uso sacramental da Bebida Sagrada Ayahuaska, no intuito de expandir a consciência e acessar realidades do inconsciente com objetivo de auto-conhecimento e cura. Ayahuaska é uma ferramenta utilizada pela Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral como diversas outras ferramentas xamânicas, e não é nosso centro de atuação e foco de subsistência. Nossa trabalho envolve atendimentos xamânicos, tratamentos espirituais e cursos holísticos, onde proporcionamos à humanidade a expansão da consciência e auto-conhecimento, transmitindo ensinamentos necessários para quebrar o falso-ego, tirando o homem da ilusão em que vive, curando vícios e doenças da alma, ensinando a mente humana situar-se numa vibração mais elevada e atingir o estado de prosperidade plena, material, emocional, mental e espiritual. Voltando-se para dentro, e descobrindo o universo dentro de si mesmo.

O Xamanismo Ancestral é a prática espiritual mais antiga da humanidade e possui suas raízes no Oriente. Evidenciada atualmente pelas remanescentes escolas espirituais, místicas, esotéricas, iniciáticas e tradições tribais da Índia, como os Nagas, Shivaístas, Shaivistas, Yóguis, Shantals, Gonds, Bhils, Khasis, grupos tribais da Índia Central, das Ilhas Nicobar no Golfo da Bengala e Sri Lanka, grupos tribais do Nepal, como os Jhankris, Tamangs, Boudhas, Sramanas e grupos tribais do Tibet, como os Menbas, Lobas, Drungs e Xiaerbas.

A Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral utiliza o Sistema de Cura Bioenergético R’XA – REIKI XAMÂNICO ANCESTRAL, que tem como objetivo principal manter o equilíbrio e a harmonia física, emocional, mental e espiritual nas pessoas e na natureza, através de uma energia de amor, captada do universo e transmitida através da imposição das mãos e que também proporciona auto-conhecimento e desenvolvimento mediúnico.

Akaiê Sramana é o Fundador Acharya da Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral, criador e codificador de R’XA – REIKI XAMÂNICO ANCESTRAL.

Muitos escritores, xamãs e antropólogos ainda apontam que a palavra Xamanismo é de origem Siberiana. Mais alegamos aqui que o termo Xamanismo surgiu muito antes de ser a antiga religião dos mongóis e das nações circunvizinhas à Sibéria. De fato, o Xamanismo teve muita influência do povo molgol, porém, surgiu muito antes. O termo Xamanismo surgiu antes mesmo da era védica. Antecedendo inclusive os Dravidas, a primeira grande civilização indiana.

Jhankris - Xamãs Ancestrais do Nepal Jhankris - Xamãs Ancestrais do Nepal

O Xamanismo surgiu no mais antigo grupo social da Índia, os proto-australóides, os primeiros aborígenes indianos, os quais tinham sua cultura estruturada no totemismo, sendo a Serpente o principal símbolo de reverência desta primeira tradição xamânica, conhecidos como Nagas, adoradores da Serpente e dos Yaksas (espíritos da natureza – pedras, animais, árvores, rios, montanhas, estrelas e etc). A Serpente sempre representou o símbolo da virilidade, do conhecimento e da magia, aliada aos espíritos da natureza, formando assim, o panteão mítico que, em seu início, influenciou os primeiros rituais xamânicos, e o desenvolvimento das crenças do Hinduísmo e da Filosofia Védica. Posteriormente, na era védica (período de formação dos quatro Vedas), encontramos resquícios culturais dessa primeira tradição, expressado pelos hinos, mantras e encantamentos do Atharva Veda, a última das quatro primeiras escrituras sagradas da Índia.

Jhankri - Shaman Ancestral O valor dos Nagas (Serpentes) pode ser encontrado no Satapatha Brahmana do Rg Veda, onde os antigos xamãs reconhecem que o verdadeiro conhecimento, Veda, é o saber dos Nagas e que estes seres preservam as ciências antigas e os segredos dos poderes mágicos da cura. Determinadas famílias e antigas dinastias reais citam os Nagas como seus primeiros ancestrais. Os primeiros deuses, os doze filhos de Aditi, eram originalmente Serpentes.

Os primeiros aborígenes da Índia, falavam dialetos de características Munda e Kolária, similares ao grupo linguístico da indo-china, Mon-Khmer. Possuiam pele clara, cabelos ondulados e traços físicos e facias parecidos com os povos da antiga Birmânia, Malásia, Sri Lanka, Sumatra, Ilhas Célibes e Austrália.

Só após o crescimento da Civilização Dravida do Vale do Indo, que grande parte das comunidades aborígenes foram estruturadas, enquanto outra parte migrava para regiões mais afastadas, como China, Mongólia, Sibéria, Tailândia e toda a Oceania, dando continuidade às suas tradições.

Em seguida, o Xamanismo influenciou o Budismo, que se espalhou da Índia para toda a Ásia. Na China também o Xamanismo influenciou a filosofia de Lao Tse. O Zoroastrismo foi a religião que mais recebeu influência do Xamanismo.

O ponto de maior fragilidade do Xamanismo foi quando passou a ser influenciado pelo Cristianismo.

O Xamanismo foi a primeira prática espiritual que a humanidade adotou, influenciou e também sofreu influências de diversas religiões e correntes filosóficas e espiritualísticas.

Shiva e Parvati - O Casal Cósmico O Xamanismo Ancestral foi quem primeiro divinizou o Sagrado Feminino em toda a história da humanidade, dando assim o surgimento de uma série de religiões pagãs que praticavam o culto sagrado à Grande Deusa. A Índia é o berço de toda a nossa história e a mais de 300 mil anos os xamãs ancestrais mantêm acesa a chama desse conhecimento multimilenar. No Xamanismo Ancestral a figura do Sagrado Feminino, a Mãe-Terra, esta associado à personalidade da Deusa Parvati, a consorte eterna do Deus Shiva em seu aspecto Shankara, O Grande Deus Índio e Pai do Xamanismo.

No Xamanismo Ancestral, Shiva e Parvati, exteriorizam o arquétipo do Pai-Céu e da Mãe-Terra. Da união deste casal cósmico nasce então Ganesha, o fruto da consciência xamânica, o primeiro xamã. O filho que trás para a mundo o despertar da consciência cósmica, o libertador dos obstáculos impostos pela mente humana. Aquele que desce ao inferno de sua própria consciência e depois retorna ao estado de consciência transcendental, como o acordar de um aterrorizante sonho.

Para o Xamansimo Ancestral o Senhor Shiva Shankara e sua consorte Parvati representam expansões plenárias da energia interna do Grande Espírito do Grande Mistério Shivaya.

A Metodologia Espiritual Xamânica Ancestral criada por Akaiê Sramana e amplamente utilizada pela Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral é uma "Matriz de Conhecimentos" que engloba técnicas e sabedorias ancestrais, conectadas a diferentes linhas de pensamento e conceitos religiosos e espirituais, culturais, científicos, tecnológicos, sociais, ambientais e cósmicos.

A Metodologia Espiritual Xamânica Ancestral funciona dentro de um Ciclo de Vida dinâmico e multi-dimensional, sustentada por princípios, regras, leis, hábitos, observações e atenção no presente, o que proporciona uma perfeita visualização, controle e qualidade do contexto onde se está aplicadando a metodologia.

Estimula o desenvolvimento de interrelacionamentos seguros, confiantes e positivos, cria cenários de debate construtivos e lógicos, apesar de desenvolver fortemente a intuição e a sincronicidade entre indivíduos.

Uma das características marcantes da Metodologia Espiritual Xamânica Ancestral empregada nos cursos e rituais realizados pela Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral é fazer com que o indivíduo experimente e aprenda na prática antes de pensar e obter subterfúgios teóricos e mentais para questionar ou condenar o que se pretende aprender. Um dos objetivos centrais da metodologia é fazer com que o indíviduo se permita sentir, antes mesmo de questionar se o que se pretende sentir é bom ou ruim. É exatamente neste ponto que muitos indivíduos deixam de fazer o que seu espírito gostaria de fazer, evoluir. Esta característica metodológica obviamente está associada ao modelo de Liderança Xamânica exercida em conjunto, que promove um estilo de Liderança Servidora, facilmente enquadrada e adaptada dentro de contextos espirituais. Proporciona uma aproximação construtiva entre mestre e aluno, construindo relacionamentos baseados em respeito, amor, união e verdade, fazendo com que todos possam compartilhar amorosamente e integralmente de qualquer objetivo proposto.

A Metodologia Espiritual Xamânica Ancestral identica e atribui diversos papéis (funções) essenciais, todos servidores, para a perfeita aplicabilidade da metodologia, responsabilidades são delegadas e desempenhadas com segurança e confiança.

A Metodologia Espiritual Xamânica Ancestral promove resultados surpreendentes quando aplicada com seriedade, amor e responsabilidade.

Todo xamã ancestral iniciado na Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral é um observador assíduo dos Princípios do Xamanismo Ancestral e compreende como sendo a essência do Estatuto Xamânico Ancestral.



1. Eterna gratidão a toda Existência Universal.

2. Devoção primária e amor puro ao Grande Espírito de Deus, Senhor Shiva.

3. Devoção secundária e amor puro ao Pai Céu, Senhor Shiva Shankara.

4. Devoção terciária e amor puro à Mãe do Universo, Deusa Kali, a Mãe-Céu, Deusa Durga e à Mãe-Terra, Deusa Parvati.

5. Devoção, fidelidade, respeito e gratidão ao meu Mestre Xamã Ancestral.

6. Devoção, fidelidade, respeito e gratidão aos espíritos da egrégora "Ordem dos Jhankris".

7. Devoção, fidelidade, respeito e gratidão a todos os mentores, mestres, guardiães e guias espirituais de minha linhagem xamânica, passada através da iniciação, de acordo com o sistema PARAMPARA (Sistema de Sucessão de Conhecimento), pela shákti de meu Mestre Xamã Ancestral.

[PRINCÍPIOS DO XAMANISMO ANCESTRAL: Akaiê Sramana, 30/Maio/2007]

Iniciação Xamânica

Na Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral as iniciações acontecem em três níveis: Aspirante, Mestre de Cerimônias e Mestre Xamã Ancestral. Juntas, promovem o fundamento, ritualística, desenvolvimento mediúnico e perceptivo e, conseqüentemente, a expansão do Estado de Consciência Xamânica Ancestral. A comunicação mediúnica desenvolvida é ativa, ou seja, sem incorporação, pois tal faculdade ocorre em Dimensões Espirituais Superiores e não na mente do xamã. Diferente de médiuns de outras correntes espirituais o xamã ancestral desenvolve canais de comunicação horizontais e verticais, ou seja, canais que se conectam a energias das Sete Sagradas Direções.

Para participar a pessoa deve ser aprovada na entrevista de "Avaliação de Capacidade Física, Emocional, Mental e Psicológica" e ter passado pela averiguação que o candidato a "Aspirante" possui aptidões xamânicas compatíveis com o propósito do treinamento.

O "Aspirante" inicia um treinamento de um ano, começando pelo curso "Iniciação ao Xamanismo Ancestral", onde desenvolve o fundamento do Xamanismo Ancestral, conectando-se com suas forças interiores, Deus e a natureza, identificando seus dons e potenciais, encontrando seus Guias e Mestres, conectando-se com seus aliados, animais sagrados e arquétipos de poder, reconhecendo seus instrumentos de força e adentrando no "Universo do Xamã " através das jornadas xamânicas, dinâmicas de grupo, meditações e vivências espirituais.

No nível "Mestre de Cerimônias" o Aspirante se dedica mais um ano para desenvolver toda a ritualística da Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral e fundamentos litúrgicos ancestrais para realização de Cerimônias Xamânicas Iniciáticas e de Consagração, tais como: Batismos Xamânicos, Casamentos Xamânicos e Cerimônias Fúnebres. Adentra os mistérios dos feitios das bebidas sagradas dos xamãs como ayahuaska, wachuma e jurema. Além de receber este sacerdócio o "Mestre de Cerimônias" adquire mais força, firmeza, serenidade e comprometimento com os espíritos xamãs.

Os estágios iniciáticos são gradativos e reconhecidos à medida que as etapas anteriores são plenamente cumpridas. Porém, quando mal interpretadas, as graduações podem estimular equivocadas relações de poder hierárquico entre xamãs ancestrais iniciados. Equívocos dessa natureza comprometem as oportunidades coletivas e limitam excessivamente as atuações dos iniciantes. São nocivas lacunas geralmente associadas a métodos iniciáticos inadequados.

Por não existir um método iniciático totalmente infalível, é preciso estabelecer critérios. Não devemos confundir critério com discriminação. Na Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral, os critérios pré-estabelecidos como normas reguladoras das iniciações fundamentam-se na compatibilidade entre os Princípios do iniciante e os da Tradição. Isto exige um período de carência que corresponde ao período de treinamento de "Aspirante" e "Mestre de Cerimônias" antes da iniciação como "Mestre Xamã Ancestral" propriamente dita. Neste período, tanto a Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral como o iniciando reconhecem entre si as reais possibilidades de harmonização e comprometimento.

Os "Princípios do Xamanismo Ancestral" são, por natureza, universais, e independem de qualquer cultura ou tradição. Entretanto, cada Tradição Xamanística tem o direito de interpretá-los e praticá-los conforme os seus fundamentos. Enganam-se aqueles que pretendem fazer da sua verdade a verdade do outro. As iniciações devem visar a busca e o desenvolvimento da Luz Espiritual, e não a Verdade. Como já dissemos, no mundo relativo a Verdade Absoluta é uma utopia. Muitas são as religiões que pregam a Verdade Absoluta. Não obstante, os resultados são duvidosos e até conflitantes. É comum o Xamanismo como um todo sofrer toda sorte de críticas por não possuir uma codificação, pois não se trata de uma religião e sim de uma prática espiritual conectada a natureza. Quem se atreveria a codificar o Amor, a Esperança, a Cura, os Rios, as Cachoeiras, as Estrelas, os Prazeres e as Dores? Quem, em sã consciência, ousaria classificar os sonhos daqueles que crêem em Shiva, Buda, Jesus, Krishna, Jeová, Alá ou nos Orixás? As iniciações, como a própria Vida, devem seguir seu curso natural e, acima de tudo, respeitar os valores sagrados já existentes no iniciando. Sua tradição religiosa, seus costumes culturais, são peças fundamentais que determinam a sua forma de ver e perceber o mundo. Sem elas, tornam-se frágeis e vulneráveis a todo tipo de influências, inclusive as negativas.


Clique aqui para obter maiores informações sobre o curso de Xamanismo Ancestral.

Retornar  retornar topo  Topo da página

Assinar Mala Direta

Mandala Sagrada - Ciclos da Vida  Mandala Sagrada - Pétalas de Lótus  Mandala Sagrada - Azul Harmonia  Mandala Sagrada - Yin e Yang  Mandala Sagrada - Amarelo Liberdade  Mandala Sagrada - Vermelho Força Física  Mandala Sagrada - Estrela da Alegria  Mandala Sagrada - Energia  Mandala Sagrada - Base Firme  Mandala Sagrada - Violeta Transmutação  Mandala Sagrada - Anjo Protetor  Mandala Sagrada - Sol e Lua  Mandala Sagrada - Atmosfera 
Quem é Akaiê | Agenda | Artigos | Xamanismo Ancestral | Cursos e Workshops | Livros recomendados
Aldeia de Shiva | Rituais Xamânicos | Orações Xamânicas | Depoimentos | Links | Contato
© Copyright 1998-2014. Akaiê Sramana. Todos os direitos reservados.