ACESSE A REDE XAMÂNICA ANCESTRAL:
Portal Xamanismo Ancestral | Terra Xamã | Aldeia de Shiva | R'XA ® University | Akaiê Sramana Official Website | Akaiê Sramana Official Blog

Português English Español 
 
TERRA XAMÃ - RESERVA NATURAL XAMÂNICA


  Home
  Xamanismo Ancestral
  Fundador:
          Akaiê Sramana
  Akaiê Sramana Official Blog
  Terra Xamã
  Agenda do Terra Xamã
  Aldeia de Shiva
  Agenda da Aldeia de Shiva
  R'XA ® University
  Artigos
  Cursos e Workshops
  Acampamentos Xamânicos
  Peregrinações Xamânicas
  Semanas Xamânicas
  Rituais Xamânicos
  Orações Xamânicas
  Depoimentos
  Livros recomendados
  TV Xamanismo Ancestral
  Videoteca
  Links
  Contato

CONHEÇA O SITE OFICIAL DE AKAIÊ SRAMANA

CONHEÇA O O BLOG OFICIAL DE AKAIÊ SRAMANA

CONHEÇA O NOVO SITE DA ALDEIA DE SHIVA


Filtro de Sonhos (Objeto de Poder)
  Artigos

CURSO DE R'XA ® Reiki Xamânico Ancestral

Título: MANTRAS XAMÂNICOS ANCESTRAIS

Japamala de Rudra Em quase todos os rituais, cerimônias, jornadas, vivências, palestras e encontros xâmanicos o participante observará a presença da entoação de diversos cantos, cantigas e mantras.

A palavra MANTRA provém do Sânskrito, o idioma sagrado da Índia antiga, e seu significado etmológico deriva da raíz MAN e do sufixo TRA. MAN por sua vez deriva da palavra MANAS que significa mente. e TRA deriva da palavra TRANA, que significa controle. Assim, mantra é a combinação de sons que proporciona o controle da mente, nos sintoniza com a freqüência do amor, nos traz recolhimento e tranqüilidade. O mantra é uma oração cósmica ou vibração sonora cósmica.

O Sânskrito é considerado a língua mãe da humanidade. Sua gramática é elaboradíssima. Os mais antigos textos sagrados: os quatro Vedas, os Upanishades, os Puranas, os épicos Ramayana e Mahabharata, Bhagavad-gita e muitos outros, são escritos em Sânskrito. Uma característica única desse idioma é que uma vasta porção de seu vocabulário é constituído de palavras que expressam, com extrema precisão, os esotéricos e intrincados conceitos referentes à espiritualidade e Transcendência. Nenhuma outra língua no mundo tem tal afinidade com os assuntos espirituais.

Lemos no dicionário Novo Aurélio: "Mantra [Do Sânskrito mantra, "instrumento para conduzir pensamento"]. No tantrismo, fórmula encantatória que tem o poder de materializar a divindade invocada." Com referência a essa definição, queremos mostrar que o conceito de "mantra", ao invés de se fechar exclusivamente no tantrismo que, de acordo com o dicionário, é "caracterizado pela magia e ocultismo", pode abrir-se para diferentes enfoques e revelar caminhos de espiritualidade de extremo valor.

As escrituras sagradas da Índia apontam que os mantras surgiram a mais de dez mil anos atrás, a partir da revelação de um dos principais livros sagrados, o Rg Veda.

A palavra Rg provém de rich, que significar cantar, celebrar. Sendo assim, o Rg Veda é composto de cânticos dedicados a Agni, o Deus do Fogo.

O mantra é uma composição de palavras de natureza exclusivamente espiritual, sem nenhuma conotação secular. Essas palavras possuem a potência intrínseca de atuar diretamente na consciência da pessoa. Devido à sua natureza puramente espiritual, o mantra tem o poder de elevar a consciência da pessoa, do nível material ao espiritual. Na consciência espiritual, a consciência individual conecta-se com a Transcendência.

Podemos nos conectar com tais planos de consciência superiores basicamente de duas maneiras. Primeiramente, desenvolvendo-se uma potencialidade específica intrínseca da natureza humana, a intuição espiritual, ou como normalmente é designada, a fé. Quando a fé está consubstanciada num intelecto purificado e forte, as possibilidades de se captar insights da Transcendência são ilimitadas. A conexão da consciência individual com a Transcendência é feita a partir da meditação, da oração, da reflexão, da contemplação e, também, do doar-se.

Outra possibilidade de conexão com a Transcendência é através da prática de Mantra-Yoga. Essa prática pode ser sonora ou mental. A grande virtude do mantra é que o próprio som do mantra é investido de poder para desvendar e revelar realidades concernentes a planos de consciência superiores. É afirmado nas escrituras védicas que os nomes que designam a Divindade têm o poder, embutido na própria palavra, de revelar essa Divindade à consciência individual. Como é afirmado no texto sagrado Padma Purana: abhinnatvan nama-naminoh, "existe identidade (não-diferença: abhinnatva) entre o nome e aquilo que está sendo nomeado".

No plano de existência material-fenomenal, empírico e relativo em que vivemos, existe sempre uma dicotomia qualitativa entre a palavra e seu significado. A palavra "água" e a substância "água" são entidades diferentes. A conexão entre a palavra e a substância é meramente subjetiva. O pronunciar de "água" não aplaca a sede. Já, no plano absoluto espiritual, a palavra em si encerra a potência vibratória que representa. Mesmo não conhecendo o significado, a vibração sonora do mantra vai atuar na consciência de quem o emite, assim como de quem escuta. É como um remédio apropriado para determinada enfermidade, mesmo sem conhecermos sua fórmula somos beneficiados por sua ação curativa, obviamente se for usado de acordo com as prescrições médicas.

A repetição sistemática do mantra é, comprovadamente, um eficaz exercício para as funções mentais. Esse é o efeito mais tangível da prática de Mantra-Yoga. Com essa prática, a mente e o intelecto tornam-se mais "elásticos", "flexíveis", fortes, concentrados e controlados. Por outro lado, corrige-se a tendência à dispersão, falta de foco, preguiça mental, em suma, todos os tipos de limitações e travações mentais. Essa prática pode ser executada através da meditação silenciosa ou repetição sonora, como um murmúrio, denominado japa. Em ambas práticas, prescreve-se uma postura sentada ereta (ásana), mente livre de qualquer turbulência ou distração e total concentração no som do mantra.

O mantra também pode ser cantado em voz alta, agregando-se a ele uma melodia. Isso chama-se kírtana, ou sankírtana, quando o canto é feito em grupo. Esse canto pode também estar associado à dança. Essa prática, se executada com absorção, espontaneidade e arrebatamento, é considerada como uma meditação dinâmica. O importante nessa prática é a pura expressão da alma. Deve-se, portanto, coibir as expressões corpóreas sensuais, que prendem a consciência ao plano físico grosseiro. O contato sistemático com o som puro do mantra purifica a mente. A pessoa adquire maior capacidade para manter sob controle as chamadas "paixões irracionais", como, ira, cobiça, inveja, ciúme, luxúria, assim como muitas outras dinâmicas mentais perversas, como diferentes tipos de compulsão, medos injustificados, depressão, tendências à lamentação, auto-piedade, intriga, fofoca, etc.

O mantra abre os canais da consciência para percepções supra-sensoriais e sintoniza a consciência com níveis vibratórios superiores. Isso ocorre simultaneamente em duas vias: emissão e recepção. A emissão de vibração sonora mântrica, através de ação individual consciente e deliberada, faz com que a mente e a consciência, como um todo, vibre na mesma freqüência espiritual do mantra. Por sua vez, essa vibração espiritual emitida irá atrair uma vibração espiritual arquetípica, de mesma freqüência, presente no éter. Esse mesmo princípio rege o funcionamento de um aparelho receptor comum de radiodifusão, o rádio de cabeceira ou o radinho de pilha: ele emite determinada freqüência que, por sua vez, atrai as ondas da mesma freqüência presentes no éter, que estão carregadas com as mensagens sonoras que foram emitidas na estação transmissora. De forma similar, a consciência individual pode conectar-se com a Transcendência e receber energia espiritual pela prática de Mantra-Yoga. A consciência da pessoa fica sobrecarregada com energia espiritual.

Por fim, a prática do mantra causa uma revolução no coração. Os mais refinados sentimentos de amor a Deus (o Grande Espírito), que podem fazer "amolecer" os corações mais duros, são "efeitos colaterais" do mantra. Muitas pessoas, hoje em dia, geralmente com certa escolaridade, mas carentes de cultura espiritual, desenvolvem uma atitude fria, indiferente, crítica e, até, cínica, com respeito à espiritualidade. A tendência é desdenhar a consciência religiosa, considerando-a meramente sentimental e piegas. A idéia de Deus é tida como algo concebido pela mente humana. Considera-se que a fé é um mecanismo mental vicioso para compensar alguma carência psíquica. Com isso, a vida em nosso plano de existência perde todo o caráter sagrado. O próprio fenômeno da consciência e do milagre da vida são tratados com a mesma metodologia mecanicista e reducionista usada na manipulação dos fenômenos e elementos físicos grosseiros. Essa maravilhosa criação cósmica fica reduzida a um fluxo aleatório de forças exclusivamente materiais, sem nenhum vínculo com a Transcendência.

Dessa forma, pela prática do mantra pode-se reverter radicalmente esse quadro. É o que podemos chamar "mudança de paradigma". Uma nova visão de mundo passa a enfocar mais as maravilhas do fenômeno da vida, assim como a realidade de Deus e nossa dependência nEle. A vida passa a ter um significado, assume uma nova dimensão. O meio ambiente, por mais adverso que seja, deixa de implacavelmente influenciar a consciência. A consciência desperta, superando assim o perigo da alienação, ignorância e auto-destruição. Olha-se sempre para frente, do passado, só os ensinamentos derivados das experiências. A morte, que normalmente é tida como o terror da vida, passa ser o marco de uma renovação super-auspiciosa, fim de um ciclo e começo de um outro, melhor. Por fim, no coração acende-se a chama beatífica do amor ao Grande Espírito, a máxima conquista da existência terrena.

O mantra OM (AUM) é o som primordial que contém todos os outros sons e do qual toda a criação surgiu. Segundo as escrituras sagradas da Índia, os Vedas, é a sílaba mística, o corpo sonoro do Grande Espírito. É a essência interior de todos os mantras. É a palavra sagrada da qual emana todo o universo. OM é uma invocação, uma bênção, é a vibração da própria alma.

Escreve-se AUM, mas se pronuncia OM. É o símbolo da Divindade Suprema. As três letras representam os três aspectos do Grande Espírito:

Deus Criador, Deus Conservador, Deus Transformador. É a Trindade da Unidade.

Sendo o Xamanismo Ancestral o Xamanismo da Índia antiga, grande parte de suas canções, orações e invocações estão em Sânskrito.

TIPOS DE MANTRAS

Existem praticamente três tipos de mantras:

1. Bij mantra
2. Mantra
3. Mala mantra

O Bij mantra é conhecido como mantra-semente, são mantras que possuem de uma a dez letras. Na extensa gama de mantras-sementes consta o OM (AUM), o mantra mais conhecido de todos. Outros exemplos: LAM, VAM, RAM, YAM, HAM, SHAM e etc.

O Mantra possui de dez a vinte letras, por exemplo: OM NAMO VISHAYA NAMAH. Usado para reverenciar o Senhor Shiva.

O Mala mantra é aquele que possui mais de vinte letras, por exemplo:

NAMO ARIHANTANAM
NAMO SIDDHANAM
NAMO AYARIYANAM
NAMO UVAJJHAYANAM
NAMO LOESAVVASAHUNAM
ESO PANCA NAMOKARO SAVVA PAVAPANASAYO
MANGALANAM CA SAVVESIMA
PADHAMA HAVAI MANGALAM


Sua tradução é: "Reverencio aqueles que já venceram todos os inimigos internos, ignorância, orgulho, ganância, raiva, etc. Reverencio aqueles que despertaram a consciência, os mestres, orientadores espirituais e os sábios."

Existem também os chamados hinos mântricos (richas), que são cânticos devocionais de alguma divindade específica. Os hinos mântricos são mais utilizados na prática de Bhakti-yoga, uma das setes linhas tradicionais do yoga.

Os mantras também podem ser divididos em outras categorias, quanto ao gênero, por exemplo:

  • Masculino, caso termine com VASHAT ou FAT;
  • Feminino, caso termine com VOUSHAT ou SWAHA;
  • Neutro, caso ele termine com NAMAH.

    Podemos ainda classificar os mantras conforme o seu temperamento: quente, frio ou morno. Para sabermos qual é o temperamento exato de um mantra, devemos observar a recorrência de certas sílabas:

  • Quente, a, á, i, í, e, é, ka, cha, ta, pa, ya, sha, kha, tha, fa, ra, etc.
  • Frio, u, ú, ga, já, da, ba, la, ri, ó, dha, gha, bha, va, ma, etc.
  • Morno, iri, xa, ang, yan, na, ana, ma, sh, há, etc.

    COMO EMITIR UM MANTRA

    Um mantra pode ser emitido de diversas maneiras, tais como:

    Através de Kirtans: vocalizações devocionais de forma extrovertida. É uma maneira celebrativa de entoação que envolve dança.

    Através de Japa: repetição contínua e ininterrúpta de um mantra. Neste caso, sem melodia. Sua finalidade é induzir a parada do pensamento, de maneira introspectiva. Essa prática é feita com uma espécie de rosário de 108 contas, conhecido como Japa Mala.

    Através de Manas: a mentalização de um mantra. Este meio é mais eficiente que a vocalização, por não ser audível.

    MANIFESTAÇÃO DE UM MANTRA

    O som (shabda), antes de se manifestar no mundo das formas, passa por uma série de estágios distintos. A Escola Tântrica procura elucidar esse processo dividindo esses estágios em quatro:

  • Para Vag: É o som ainda não manifesto, existindo apenas como potencialidade, sendo portanto, inaudível.
  • Pacyanti Vag: É o som manifestado como imagem ou ideação, num plano ainda muito sutil.
  • Madhyama Vag: É o som manifestado no plano mental, ou seja, em forma de pensamento.
  • Markhari Vag: É o som articulado, que já se tornou audível através da fala.

    COMO MELHOR ENTOAR UM MANTRA

    Um mantra tem o poder de produzir o seu efeito sob qualquer condição, porém, se entoarmos um mantra observando algumas regras, poderemos intensificar o seu poder de ação.

    HORÁRIO:

    O melhor horário para entoar um mantra é no horário de Brahma, entre às quatro e seis hora da madrugada. Nesse período do dia o ar está mais limpo e também mais carregado de prana (energia vital). Outro horário indicado a essa prática seria ao entardecer, momento em que o metabolismo do corpo favorece atividades dessa natureza.

    AMBIENTE:

    É fundamental a preparação de um ambiente propício a concentração, limpo, espaçoso e silencioso. É bastante aconselhável ascender um incenso para purificar tanto o corpo quanto o ambiente.

    POSIÇÃO:

    O praticante deve sentar-se em posição de lótus (vrajasana), sobre uma esteira de palha e, de preferência, voltado para a Direção Norte.

    APLICAÇÕES PRÁTICAS

    Durante uma entoação, o praticante deve fechar os olhos e centrar a mente no chakra frontal (situado no meio testa).

    Para iniciar e finalizar qualquer prática, entoe o pranava omkara, que consiste na repetição da sílaba universal OM por três vezes.

    Aos iniciantes é recomendado a repetição de um mantra em voz alta, para que a atenção se fixe mais facilmente nos sons. Com a prática pode-se experimentar outras formas de entoação como, por exemplo, manas, que consiste apenas na mentalização do mantra.

    A repetição constante de um determinado mantra tem o poder de acalmar todas as atividades mentais.

    Durante a entoação de um mantra não se pode estar sob efeito de drogas, inclusive bebidas alcoólicas e cigarro. Aconselha-se também que, antes e depois de uma sessão, sejam evitados alimentos de origem animal.

    MANTRAS DOS DEUSES SUPREMOS

    BRAHMA MANTRA

    Om Hrim Brahmaya Namah

    VISHNU GAYATRI MANTRA

    Om Narayana Vidmahe
    Vasudevaya Dhi Mahi
    Tanno Vishnu Pracodayata


    SHIVA GAYATRI MANTRA

    Mahesaya Vidmahe
    Mahadevaya Dhi mahi
    Tannaha Shivaha Pracodayata


    MANTRAS NO XAMANISMO ANCESTRAL

    Diversos mantras são entoados no dia a dia, nos rituais, pujas, celebrações e cerimônias, porém, apenas os principais serão aqui apresentados:

  • MAHA-MANTRA HARE KRISHNA

    Este mantra é considerado um dos mais sagrados pelo Xamanismo Ancestral.

    Dentre os muitos mantras da tradição védica, este em particular, tem uma importância especial. Trata-se do Maha-Mantra Hare Krishna. (Maha-mantra significa "grande mantra"). Esse mantra védico está enunciado no Kalisantarana Upanishad, verso seis do quinto capítulo. É formado por três palavras-Hare, Krishna e Rama-que se combinam de um jeito bem particular. Essa mesma escritura explica: "Essas dezesseis palavras do maha-mantra tem o poder de neutralizar os efeitos negativos da sofrida era de Kali (Kali-yuga) em que vivemos. Todas as escrituras confirmam que não existe processo mais potente de elevação espiritual que o canto ou meditação desse mantra."

    Foi revelado por Chaitanya Mahaprabhu e deve ser entoado no mínimo 108 vezes ao dia. O Movimento Hare Krishna da ISKCON é o responsável pela disseminação do Maha-Mantra no Ocidente, através de sua Divina Graça A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada.

    Mantra:

    Hare Krishna Hare Krishna Krishna Krishna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare.

    Significado:

    Hare: "Ó Hara, ó Radha, potência de prazer de Krishna (o Grande Espírito), me faça qualificado para servir a Krishna".

    Krishna: "Ó Krishna, porfavor, atraia a minha mente e purifique-a".

    Rama: "Ó Rama, me dê o gosto transcendental do serviço a Hari".

    Hari significa capturar, cativar. Então, hari pode ser hari-e, que está no vocativo. "Ó Hari, captura a minha mente, me abrigue a seus pés de lótus", ou "Ó Hara, me ajude a alcançar Hari!"

  • SHIVA SHANKARA-MANTRA

    Shiva Shankara é a personalidade, após o Grande Espírito (Sri Krishna), mais importante no Xamanismo Ancestral. Ele foi quem trouce de Shivaloka, sua morada eterna espiritual, todo o conhecimento xamânico à humanidade. Este mantra é entoado na abertura e no final de todos os rituais e cerimônias xamânicas ancestrais.

    Mantra:

    Om Namo Shivaya Shankara Namah

    Significado:

    Ó meu Senhor Shiva Shankara, Pai do Xamanismo Ancestral, ofereço-vos minhas respeitosas reverências.

  • SHIVA MAHIMNAH STOTRA

    Stotra de adoração ao Senhor Shiva. Entoado nas cerimônias de celebração e pujas dedicados ao Senhor Shiva.

    Stotra:

    Bahula rajase vishvotpattau bhavaya namo namah
    Prabala tamase tat samhare haraya namo namah
    Jana sukha krite sattvo driktau mridaya namo namah
    Pramahasi pade nistrai gunye Shivaya namo namah


    Significado:

    Repetidas saudações ao Senhor da existência (bhavaya), que deu nascimento ao Universo, na forma de Brahma como Criador, que é possuidor da qualidade de Rajoguna.

    Repetidas saudações a Hara, epíteto de Shiva que emerge como Rudra, o que renova o Universo, e destrói o próprio ego, que abunda no aspecto de Tamoguna (tamase).

    Repetidas saudações a Mrida, epíteto de Shiva como o misericordioso e compassivo que aparece como satvodrikti, que é rico em pureza ou sattva (bondade), a manifestação de Vishnu.

    Repetidas saudações ao Senhor Shiva, o auspicioso, que possui todas as formas, sendo sem forma e resplandecente, que é desprovido dos três gunas (tamas, raja e sattva) ou qualquer definição de qualidade ou atributo.

  • SHIVA MANTRA

    Outro poderoso mantra de reverência ao Senhor Shiva. Este mantra define que Shiva é a suprema realidade. Neste mantra Shiva torna-se nossa verdadeira identidade, nosso verdadeiro ego. Ao entoar, nos curvamos em reverência ao Senhor Shiva, e sua vibração contínua, alimenta nosso coração da consciência nociva que nosso ego possui, de tornar-se o desfrutador central de todas as coisas. Cantando este mantra de poder não será mais necessário a execução de austeridades, meditação ou práticas de yoga. Nem mesmo rituais ou cerimônias a Shiva serão mais necessários se entoarmos continuamente este poderoso mantra. Ele nos torna livres de todas as restrições. Ele pode ser entoado por qualquer pessoa e sua ação é totalmente purificatória.

    Mantra:

    Om Namah Shivaya

    Significado:

    Eu me curvo reverentemente ao Senhor Shiva.

  • VASUDEVAYA MANTRA

    Este mantra afirma que Krishna (o Grande Espírito) é a Personalidade de Deus original, e que todas as outras são Suas porções plenárias diretas e indiretas, ou porções das porções. Muito entoado antes de qualquer ensinamento oriundo das sagradas escrituras védicas.

    Mantra:

    Om Namo Bhagavate Vasudevaya

    Significado:

    Eu me curvo reverentemente à Suprema Personalidade (o Grande Espírito).

  • SRI GANESHA STOTRA

    Stotra de adoração ao Senhor Ganesha. Entoado na abertura de todas as cerimônias xamânicas ancestrais.

    Mantra:

    Jai Ganesha, Jai Ganesha, Jai Ganesha Deva
    Mata Shri Parvai, Pita Mahadeva
    Jai Ganesha, Jai Ganesha, Jai Ganesha Deva
    Ek danta, dua danta, char bhuja dhari
    Kapal bhari raato sindoor musa ko sawari
    Jai Ganesha, Jai Ganesha, Jai Ganesha Deva


    Significado:

    Oramos a ti Ganesha, Pai dos Deuses
    Sua mãe é a senhora Parvati, seu pai Mahadeva
    Oramos a ti Ganesha, Pai dos Deuses
    Você que tem dois tipos de dentes e quatro braços fortes
    Você que tem vermillion na testa
    E cavalga em um rato
    Oramos a ti Ganesha, Pai dos Deuses

  • SRI GANESHA MANTRA

    Mantra dedicado ao Senhor Ganesha, o removedor de obstáculos. Considerado o mantra do sucesso, vitória, prosperidade, conhecimento e iluminação. Este mantra é a personificação da Suprema Consciência, que remove todas as obstruções em favor de nossa purificação espiritual, progresso e perfeição. Bastante entoado também por todos aqueles que precisam de proteção em atividades que envolvam intervenção de pessoas invejosas.

    Mantra:

    Om Sri Ganeshaya Namah

    Significado:

    Eu me curvo reverentemente ao Senhor Ganesha, o removedor de obstáculos.

  • AMRITA MANTRA

    Mantra de reverência à bebida sagrada "Amrita", bebida tão sagrada na Índia quanto à Ayahuasca para os Índios Sulamericanos. Conhecida como a bebida da imortalidade. Seu feitio é realizado nas noites de Lua Cheia e Nova.

    Mantra:

    Om namo Soma Amrita Namah

    Significado:

    Eu me curvo reverentemente a Ti ó Soma (Deus da Lua), produtor do Amrita, a bebida da imortalidade.

  • VISHNU-MANTRA

    Quando entoado separadamente de qualquer outro mantra serve para garantir a real intensão e perfeição das práticas ritualísticas e espirituais. Entoado no final de todos os rituais e cerimônias.

    Mantra:

    Om Tat Sat

    Significado:

    Grande Espírito (Suprema Personalidade), não há separação entre Tú e eu.

    MANTRAS PARA FINS ESPECÍFICOS

  • MRITYUNJAYA MANTRA

    Usado para prolongar a vida e reforçar o processo de cura.

    Mantra:

    Om Jum Sah Vasata

  • AGNI PRAKAR MANTRA

    Possui vibrações protetoras.

    Mantra:

    Om trailokya Raksharakshaum Phat Swaha

  • DIGBANDH MANTRA

    Usado para evitar acidentes.

    Mantra:

    Om Aidrim Chakrena Badhnami Namaschakraya Swaha

  • DASAKSHAR MANTRA

    Usado para curar enfermidades.

    Mantra:

    Hum Khe ca che Kshah Strim
    Hum Kshe Hrim Phat


  • TRAYAKSHARI MANTRA

    Tem o poder de amenizar sentimentos de culpa.

    Mantra:

    Strium Hum Phat

  • DWI AKSHARI MANTRA

    Evita desavenças e inimizade.

    Mantra:

    Khe ca

  • TRIPURA MANTRA

    Traz saúde e felicidade.

    Mantra:

    Kubjika Tripura Gauri
    Chandrika Visaharini


    MANTRAS USADOS NO RITUAL DE SHIVA

  • SHIVA ARATI MANTRA

    Namah Shivaya Shantaya
    Karanatraya Hetave
    Nivedayami Chatmanam
    Gatistvam Parameshwara

    Jaya Shiva Omkara Hara Shiva Omkara (2x)
    Brahma Vishnu Sadashiva (2x)
    Ardhangi Dhara
    Om Hara Hara Hara Mahadev (2x)

    Ekanan Chaturanan Panchanan Raje (2x)
    Hansasan Garudasan (2x)
    Vrishvahan Saje
    Om Hara Hara Hara Mahadev (2x)

    Do Bhuja Char Chatura Bhuj Das Bhuj
    Te Sohe (2x)
    Tino Rup Nirakhta (2x)
    Tribhuvana Jana Mohe
    Om Hara Hara Hara Mahadev (2x)

    Aksha Mala Vanamala Rund Mala Dhari (2x)
    Chandan Mrig Mad Chanda Bhole (2x)
    Shubha Kari
    Om Hara Hara Hara Mahadev (2x)

    Svetambar Pitambar Baghambar Ange (2x)
    Sanakadik Brahma Dik (2x)
    Bhuta Dik Sange
    Om Hara Hara Hara Mahadev (2x)

    Kar-me Shreshta Kamandalu Chakra
    Trishul Dharta (2x)
    Jag Karta Jag Harta (2x)
    Jag Palan Karta
    Om Hara Hara Hara Mahadev (2x)

    Brahma Vishnu Sada Shiv Janat Aviveka (2x)
    Pranavakshar Ke Madhye (2x)
    Ye Tino Eka
    Om Hara Hara Hara Mahadev (2x)


  • CHANDRASHEKARAYA MANTRA

    Chandrashekaraya Namah Om Gangadharaya Namah Om
    Shiva Shiva Shivaya Namah Om Hara Hara Haraya Namah Om
    Shiva Shiva Shivaya Namah Om Maheshwaraya Namah Om


  • DAM DAM DAM MANTRA

    Dam Dam Dam Dam Damaru Bhaje
    Dam Dam Dam Dam Dama Damaru Bhaje
    Hara Bola Natha Shiva Shambo Bhaje
    Kashi Vishwanatha Shiva Shambo Bhaje

    Dama Dama Dama Dama Damaru Bhaje
    Dama Dam Dama Dam Damaru Bhaje
    Hara Gauri Natha Shiva Shambo Bhaje
    Kashi Vishwanatha Shiva Shambo Bhaje

    Ghana Ghana Ghana Ghana Ghanta Bhaje
    Ghana Ghan Ghana Ghan Ghanta Bhaje
    Kashi Vishwanatha Shiva Shambo Bhaje
    Hara Bola Natha Shiva Shambo Bhaje


  • SHAMBA SHIVO JAYA MANTRA

    Shamba Shiva Jaya Shambha Shivo Jaya Shamba Shivo Jaya Shamba Shivo
    Om Mata Om Mata Om Sri Mata Shambha Shivo Om Sri Mata Shambha Shivo


  • KAILASH PATI SHIVA MANTRA

    Kailash Pati Shiva Shankar Ki Jaya Jaya
    Ganga Ki Jaya Jaya Yamuna Ki Jaya Jaya


  • JAYA JAYA SHAMBO MANTRA

    Jaya Jaya Jaya (Shiva) Shambo Hara Hara Hara Shambo
    Mahadeva Shambo Mahadeva Shambo


  • HARA HARA HARA HARA MANTRA

    Hara Hara Hara Hara Namami Shankara Bhajamana Hari Ram
    Hara Hara Shiva Shiva Sadashiva Bhajamana Hari Ram
    Shiva Shiva Hara Hara Sadashiva Bhajamana Hari Ram
    (He) Bhajamana Hari Ram


  • SHAMBO GANGADHARA MANTRA

    Shambo Gangadhara Gauri Manohara
    Gauri Manohara Gangadhara
    Shambo Mahadeva Gauri Manohara
    Gangajata Dhara Chandrakala Dhara
    Chandrakala Dhara Shambha Shiva (Hara)
    Shambo Mahadeva Shambha Shiva
    Gangajata Dhara Shambha Shiva
    Gauri Manohara Shamba Shiva (Hara)
    Shambha Shiva (Hara)
    Shambha Shivo Jaya Shambha Shiva


  • GANGAJATA MANTRA

    Gangajata Dhara Gauri Shankara
    Girija Mana Ramana
    Jaya Mrityunjaya Mahadeva Maheshwara
    Mangala Shubha Charana
    Nandi Vahana Naga Bhushana
    Nirupama Guna Sadana (Hara)
    Natana Manohara Nila Kantha Hara
    Niraja Dala Nayana


  • OM SHIVA MANTRA

    Om Shiva Om Shiva Paratpara Shiva
    Omkara Shiva Tava Sharanam

    Eka Natha Girijapati Shankara
    Mahadeva Shiva Tava Sharanam

    Uma-vi Shankara Praja-vi Shankara
    Uma Maheshwara Tava Sharanam

    Gauri Shankara Ganga Shankara
    Samba Sadashiva Tava Sharanam


  • SHIVAYA PARAMESHWARAYA MANTRA

    Shivaya Parameshwaraya
    Chandrashekaraya Namah Om

    Bhavaya Guna Sambhavaya
    Shiva Tandavaya Namah Om


  • BOLO BOLO SABMILA BOLO MANTRA

    Bolo Bolo Sabmila Bolo Om Namah Shivaya
    Om Namah Shivaya Om Namah Shivaya

    Jut Jata Me Gangadhari
    Trishula Dhari Damaru Bajave

    Dama Dama Dama Dama Damaru Baje
    Dhun Chita-o Namah Shivaya


  • SHIVA SHAMBO MANTRA

    Shiva Shambo Hara Hara Shambo
    Bhavanasa Kailasa Vilasa
    Parvati Pate Pashupati Pate
    Ganga Dhara Shiva Gauri Pate


  • NATARAJA MANTRA

    Nataraja Nataraja Nartana Sundara Nataraja
    Shivaraja Shivaraja Shivakami Priya Shivaraja

    Chidambaresha Nataraja
    Parthi Purishwara Nataraja


  • HARA HARA MAHADEVA MANTRA

    Hara Hara Mahadeva Shambo
    Kashi Vishwanathi Gange

    Kashi Vishwanathi Gange
    Kashi Amarnatha Gange

    Hara Hara Mahadeva Shambo
    Kashi Vishwanathi Gange


  • SAMBA SADASHIVA MANTRA

    Samba Sadashiva Samba Sadashiva
    Samba Sadashiva Samba Sivom Hara

    Om Mata Om Mata Om Sri Mata Jagadamba

    Uma Parameshwari Sri Bhuvaneshwari
    Adi Para Shakti Devi Maheshwari


  • SHAMBO MAHADEVA MANTRA

    Shambo Mahadeva Chandra Chuda
    Shankara Samba Sadashiva

    Ganga Dhara Hara Kailasa Vasa
    Pahimaam Parvati Ramana


  • SHIVA SHIVA MAHADEVA MANTRA

    Shiva Shiva Mahadeva Namah Shivaya Sadashiva
    Shiva Shiva Mahadeva Namah Shivaya Sadashiva

    Hare Krishna Hare Krishna Krishna Krishna Hare Hare
    Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

    Narayana Hari Narayana Hari Narayana Hari Om
    Narayana Hari Narayana Hari Narayana Hari Om

    Om Hari ... Om Krishna... Om Rama... Om Shiva

    Bhagawan Sri Shivananda Bhagawan Sri Shivananda
    Bhagavan Sri Shivananda Om
    Bhagawan Sri Vishnu Swami Bhagawan Sri Vishnu Swami
    Bhagawan Sri Vishnu Swami Om

    Guru Maharaj Gurudevo Guru Maharaj Gurudevo
    Guru Maharaj Gurudevo Sat Guru Shivananda Om


    Akaiê Sramana
    AKAIÊ SRAMANA

    Fundador da Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral
    Fundador do Terra Xamã e da Aldeia de Shiva
    Codificador de R'XA ® Reiki Xamânico Ancestral


    Conheça também:

    CONHEÇA O SITE OFICIAL DE AKAIÊ SRAMANA   CONHEÇA O O BLOG OFICIAL DE AKAIÊ SRAMANA

    Retornar  retornar topo  Topo da página

  • Assinar Mala Direta

    Mandala Sagrada - Ciclos da Vida  Mandala Sagrada - Pétalas de Lótus  Mandala Sagrada - Azul Harmonia  Mandala Sagrada - Yin e Yang  Mandala Sagrada - Amarelo Liberdade  Mandala Sagrada - Vermelho Força Física  Mandala Sagrada - Estrela da Alegria  Mandala Sagrada - Energia  Mandala Sagrada - Base Firme  Mandala Sagrada - Violeta Transmutação  Mandala Sagrada - Anjo Protetor  Mandala Sagrada - Sol e Lua  Mandala Sagrada - Atmosfera 
    Quem é Akaiê | Agenda | Artigos | Xamanismo Ancestral | Cursos e Workshops | Livros recomendados
    Aldeia de Shiva | Rituais Xamânicos | Orações Xamânicas | Depoimentos | Links | Contato
    © Copyright 1998-2014. Akaiê Sramana. Todos os direitos reservados.