ACESSE A REDE XAMÂNICA ANCESTRAL:
Portal Xamanismo Ancestral | Xamanismo Quântico | Xamanismo Holográfico | Aldeia de Shiva | Ordem de Shiva | Aldeia de Shiva - Net | R'XA | Akaiê Sramana

Português English Español 
  Home
  Xamanismo Ancestral
  Fundador:
          Akaiê Sramana
  Aldeia de Shiva
  Ordem de Shiva
  Aldeia de Shiva - Net
  Agenda
  Artigos
  Cursos e Workshops
  Acampamentos Xamânicos
  Peregrinações Xamânicas
  Semanas Xamânicas
  Rituais Xamânicos
  Orações Xamânicas
  Depoimentos
  Livros recomendados
  TV Xamanismo Ancestral
  Videoteca
  Links
  Contato


Filtro de Sonhos (Objeto de Poder)
  Artigos

Formação Profissional R'XA ® Photon Master

Título:A ingratidão é uma armadilha

Akaiê Sramana - Fundador da Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral Salve preciosa alma, Jaya Ahow!

Porfavor, aceite minhas humildes reverências.

"Esta noite eu tive um sonho, sonhei que andava na margem de um rio, conversando com um grande saddhu, um sábio, e ele me ensinava sobre o real sentido da palavra GRATIDÃO! Mas ele salientava que para eu compreender a GRATIDÃO eu precisava antes meditar na INGRATIDÃO... achei estranho no primeiro momento, afinal, praticar a GRATIDÃO, à primeira vista, é muito fácil, muito simples, basta agradecer, mesmo quando não haja sentido para agradecer, basta dizer GRATIDÃO, e pronto, e a pessoa que recebe esta palavra, aceita de imediato a palavra, mesmo sendo uma substituição do OBRIGADO, a palavra GRATIDÃO penetra os labirintos do ouvido de maneira agradável e conforta pscilogicamente e emocionalmente o coração de quem a ouve.

Mas o saddhu, continuou a me ensinar, e dizia, agora, tente inverter a polaridade da palavra GRATIDÃO por INGRATIDÃO... hummmm... ai ficou mais díficil, porquê o saddhu me pediu para primeiro tentar enxergar dentro de mim, toda a INGRATIDÃO que eu possuia... difícil. Mas fechei os olhos e meditei, enxergava cenas da minha vida onde fui ingrato, e descobri como sendo ingrato machuca as pessoas, sem saber na verdade que eu estava no fundo me machucando muito mais do que machucava o coração de todas as pessoas que fui ingrato. Parei por um momento e chovarava por tamanha ser a dor do sentimento de INGRATIDÃO que ocupadava inconscientemente meu coração. O saddhu continuou e me falou, agora, pense em todas as pessoas e cenas que foram injustas com você, que foram ingratas, que te machucaram. Comecei a pensar e vieram muitas cenas na minha tela mental, fiquei chocado, triste, melancólico, irritado e comecei a chorar... abundantemente... e o saddhu continuava a me ensinar, como é que você pode praticar a GRATIDÃO estando ainda atolado em sua INGRATIDÃO? Porquê você se sabota meu filho? Você precisa compreender que dizer GRATIDÃO apenas por dizer é o maior sentimento de INGRATIDÃO que você está transmitindo para alguém, e principalmente para você mesmo."

Esta conversa no sonho com o saddhu me deixou intrigado, acordei com o coração tenso, choroso e triste!!!

Comecei então a tentar decifrar este sonho, e cheguei a conclusão que realmente o saddhu tinha total razão em querer me ensinar o sentido da INGRATIDÃO.

Neste momento estou fora do meu país, viajando pelo oriente, Índia e Nepal, tentando me energizar, me fortalecer, para quando voltar para casa eu ser uma pessoa um pouco melhor, pelo menos para mim mesmo, um pouca mais GRATA, pelo menos para mim mesmo... entendi que é fácil dizer GRATIDÃO, é mágico, atrai energia positiva para mim, mas dizer GRATIDÃO inconscientemente é uma armadilha, pois planto sabotagem emocional pelas pessoas e circustâncias pelas quais eu dirijo minha GRATIDÃO sem sentido... compreendi com isso como os saddhus realmente são sábios, eles vivem em SILÊNCIO a maior parte do tempo, não porque negam convivência com ninguém, que fogem da realidade ou tentam escapar de situações indesejadas da vida... mas é porquê eles reconhecem o valor da palavra através da intensão dirigida, se eles não tem nada a falar, eles calam a boca e não falam nada, sai apenas de sua boca aquilo que tem verdade, energia e sentido... engraçado isso, há algum tempo atrás eu tenho ensinado muito em meus cursos, rituais, palestras e workshops a frase "O SILÊNCIO É UM ALIADO DO XAMÃ", mesmo assim, pessoas ainda me escrevem elogiando a frase e outras que não compreendem seu real sentido, endagam que o SILÊNCIO é uma tentativa de ser conivente com a situação... me desculpa, muitos ainda não compreenderam a frase. O SILÊNCIO precede o estado de DHYANA, meditação profunda e consciente, os sábios conhecem muito bem o SILÊNCIO, pois vivem no estado da alma a maior parte do tempo, vivem em SILÊNCIO para compreender seu micro-universo dentro do mega-universo, silenciam para não serem INGRATOS, porquê acreditam que o sentimento mais inferior da existência chama-se INGRATIDÃO.

Os saddhus silenciam-se quanto à INGRATIDÃO por serem sábios o suficiente para compreender, que se derem vazão à INGRATIDÃO, este seu sentimento intergrar-se-á a INGRATIDÃO coletiva de uma determinada ocasião. Às vezes, tomamos a dor de uma pessoa querida sem ter consciência da dor desta pessoa e julgamos o sujeito da INGRATIDÃO como ingrato por nos contaminarmos inconscientemente pela verdade da pessoa que vitimizou-se pela INGRATIDÃO do outro. É por isso que muitos projetos espirituais, familiares, de negócio, etc, fracassam. Tomam proporção gigantesca... é fácil tomarmos a dor de uma pessoa que amamos, que consideramos, quando ela se vitimiza perante uma certa situação. E sem percebermos, nos tornamos INGRATOS também com o sujeito da INGRATIDÃO, tudo isso inconscientemente... este sonho me fez pensar demasiadamente sobre meu passado e sobre minha vida e espero que te ajude também a compreender o que vêem acontecendo neste exato momento em sua vida e nas circunstâncias coletivas que você esteja vivendo agora, seja em seu casamento, em sua igreja ou em algum grupo comunitário ou social que você esteja inserido no presente.

Dai me veio, nossa, acho que estou indo pelo caminho errado. Ensino tanto a GRATIDÃO, deixei toda a minha carreira de sucesso como engenheiro de computação, onde ganhava muito bem, e por escolha minha aceitei minha missão como xamã, aceitei transmitir o conhecimento mais antigo da humanidade para as pessoas, que é o Xamanismo Ancestral, formei tantos terapeutas e xamãs, que hoje brilham e trabalham em prol da cura quântica universal, no Brasil e no exterior, já curei tanta gente, fundei a TRIBO DE SHIVA e ainda assim, continuo sendo INGRATO comigo mesmo e para com muitas pessoas, pelos menos é o que percebo das pessoas! Mas tudo isso me fez ser uma vítima incosciente, de mim mesmo, me sabotava em querer apenas receber como troco a palavra GRATIDÃO, por tudo o que fiz com as pessoas. Sabotagem pura, porque as pessoas não estão preocupadas com isso, muitas estão enfermas, sedentas de cura e conhecimento, quanto mais elas recebem, menos são capazes de dar. Pensei, meu Deus Shivaya, compreendi que a INGRATIDÃO é absolutamente o sentimento mais intrínseco no ser humano, que somos ingratos por natureza. Mas fiquei feliz ao saber que eu posso ser diferente, que eu posso SILENCIAR minha mente para enxergar a outra margem do rio por onde eu andava no sonho com o saddhu, e ser GRATO, porquê afinal de contas, se eu morrer hoje, morrerei feliz, plantei uma semente que germinou e floresceu, primeiro foi meu filho, depois foi a TRIBO DE SHIVA, que mesmo não estando sob minhas mãos, literalmente falando, continua sendo uma casa de cura que acolhe muitos espíritos enfermos, encarnados e desencarnados, sedentos de AMOR, ATENÇÃO e GRATIDÃO!

Quando for fazer algo para alguém, faça porquê você tem consciência de sua doação energética para isso, nunca faça esperando reconhecimento. As pessoas estão preocupadas com elas, nunca com você. Para elas você é o curador, você é o xamã, você é demasiadamente forte, elas até esquecem que você também é um ser humano. Então, não importa o que você fez para as pessoas, mais sim o que isso representa para você, para seu avanço espiritual. Faça com amor e não espere amor, se o amor vier de um ato que você lançou no Universo, seja GRATO, caso isso não aconteça, nunca esmureça, continue firme no seu caminho, no seu propósito, afinal, quem aceitou ser um xamã ou um curador? Seja consciente da sua missão, ame incondicionalmente todo o Universo, todas os seres, todas as raças, todas as energias e todos os espíritos... seja GRATO pelo dom da vida e por estar vivo, AGRADEÇA à Criação, ao Grande Espírito, pela sua consciência e nunca importe-se com o que as pessoas dizem de você, porque elas possuem um ego como você, elas te julgam sem consciência de julgamento, isso não significa que você esteja negando suas atitudes perante as demais pessoas, mais preocupe-se com o que você realmente pensa sobre Quem é Você... medite nas suas verdades, elas são perfeitas, não acredite nas verdades dos outros, porquê são egos ambulantes também, assim como o seu o ego, as pessoas só acreditam nas verdades delas mesmas, elas não se preocupam em compreender as verdades das outras pessoas... mas aprenda a ouvir, porquê o ato de ouvir mostra quem você é no fundo de tudo aquilo que muda constantemente, a vida, ouvir faz você compreender o outro e a si mesmo, e quanto à INGRATIDÃO, aceite-a, porquê ela é a verdade de outra pessoa, aprenda com a INGRATIDÃO do próximo e dê GRATIDÃO ao ato de INGRATIDÃO do seu irmão, afinal, este ato de INGRATIDÃO esta te ensinando, elevando sua consciência sobre "Quem Você Realmente É", ouça e aprenda, mas nunca aceite para si aquilo que não seja sua verdade, se isso ocorrer, você está se sabotando, se corrompendo pelas verdades do outro, nunca acredite em ninguém, nem em você mesmo, afinal, você também é um ego, e possui uma MENTE, DEMENTE que MENTE, igualzinha a de todo mundo, sua GRATIDÃO é o tamanho de sua INGRATIDÃO.

Do fundo do meu coração, eu tenho muita GRATIDÃO por você existir, porquê sem você, como eu poderia descobrir a INGRATIDÃO? Mas não te condeno por isso, porquê você assim como eu, é um ser humano em ascensão, um ser humano que está lutando para ser cada vez melhor, cada vez mais sábio e consciente de suas ações!

Desejo sinceramente que o melhor vos aconteça sempre!

Beijos de Luz vosso Sagrado Coração.

Deste xamã que vos ama incondicionalmente,

Akaiê Sramana - Fundador Acharya da Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral
Akaiê Sramana
Fundador Acharya da Sagrada Tradição Xamanismo Ancestral
Fundador da ALDEIA DE SHIVA - Centro Espiritualista Universal Xamânico Ancestral
Criador e Codificador de R'XA ® - Reiki Xamânico Ancestral


* Acesse o Website Oficial do Xamã Akaiê Sramana.

Retornar  retornar topo  Topo da página

Assinar Mala Direta

Mandala Sagrada - Ciclos da Vida  Mandala Sagrada - Pétalas de Lótus  Mandala Sagrada - Azul Harmonia  Mandala Sagrada - Yin e Yang  Mandala Sagrada - Amarelo Liberdade  Mandala Sagrada - Vermelho Força Física  Mandala Sagrada - Estrela da Alegria  Mandala Sagrada - Energia  Mandala Sagrada - Base Firme  Mandala Sagrada - Violeta Transmutação  Mandala Sagrada - Anjo Protetor  Mandala Sagrada - Sol e Lua  Mandala Sagrada - Atmosfera 
Quem é Akaiê | Agenda | Artigos | Xamanismo Ancestral | Cursos e Workshops | Livros recomendados
Aldeia de Shiva | Rituais Xamânicos | Orações Xamânicas | Depoimentos | Links | Contato
© Copyright 1998-2014. Akaiê Sramana. Todos os direitos reservados.